SAÚDE DOS RINS PARA TODOS

Mauro Assi quarta-feira, 18 de março de 2020

Hospital Emílio CarlosHospital Padre AlbinoEnfermagem

         A equipe do Serviço de Terapia Renal Substitutiva do Hospital Padre Albino, em parceria com docentes do curso de Enfermagem da UNIFIPA e a nefrologista Dra. Luciana S. Devito Grisotto, realizou atividades de orientação alusivas ao Dia Mundial do Rim nos dias 11 e 12 de março. As ações foram realizadas para os pacientes e acompanhantes dos hospitais Padre Albino e Emílio Carlos, no período matutino, e na UNIFIPA, para alunos e funcionários, no período noturno, a fim de identificar fatores de risco e orientar quanto à prevenção de doenças renais e o impacto do tratamento na vida dos pacientes.

            O Dia Mundial do Rim é sempre comemorado na segunda quinta-feira do mês de março, com o tema “Saúde dos rins para todos”, e tem como objetivo reduzir o impacto da doença renal em todo o mundo. Neste ano foi comemorado em 12 de março.

            “A doença renal crônica (DRC) caracteriza-se por lesão nos rins que se mantém por três meses ou mais, com diversas consequências, pois os rins têm muitas funções, dentre elas: regular a pressão, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo, produzir hormônios que evitam a anemia e as doenças ósseas, entre outras. Em geral, nos estágios iniciais, a DRC é silenciosa, ou seja, não apresenta sintomas ou eles são poucos e inespecíficos. Por causa disso, pode haver demora no diagnóstico e ele só acontecer quando o funcionamento dos rins já está bastante comprometido necessitando, para manutenção da vida do indivíduo, de tratamento por meio da diálise ou transplante renal”, explicou Dra. Luciana, ressaltando que “são fundamentais a prevenção e o diagnóstico precoce da doença, que tem tratamento e que pode ser observada com a realização de exames de baixo custo, como o exame de urina e a dosagem de creatinina no sangue”.

 

Galeria


CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA